Últimas Notícias

Universidade da Maturidade em Tocantínia recebe Roda de Conversa com o escritor Zacarias Martins

Por Leontina Martins

Os acadêmicos do pólo urbano da Universidade da Maturidade (UMA), de Tocantínia, na região central do Estado, foram brindados na tarde desta terça-feira, dia 03 de maio, com uma Roda de Conversa com o renomado escritor, jornalista e produtor cultural Zacarias Martins, quando, na oportunidade, ele fez a divulgação da quarta edição de seu livro de crônicas “Histórias da História de Gurupi, publicado pela Editora Veloso, e que já foi adotado por duas vezes para o vestibular da Universidade de Gurupi (UnirG).

Essa ação de Zacarias Martins, integra o seu projeto contemplado pelo Prêmio Gurupi Aldir Blanc (Inciso III) nº 003/2021 da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Gurupi, Prefeitura Municipal de Gurupi, com apoio do Governo Federal – Ministério do Turismo – Secretaria Especial da Cultura, Fundo Nacional de Cultura, como parte das ações de emergência cultural de Lei 14.017/2020.

Em Tocantínia, o escritor veio à convite da Secretaria Municipal da Educação (Semed), que está desenvolvendo Projeto Leitura Viva, com o intuito de formar novos leitores e despertar na população o habito salutar da leitura, contribuindo assim, para a formação de cidadãos mais críticos na sociedade, conscientes de seus direitos e deveres.

Referencial da literatura

O Secretário de Educação de Tocantínia, o professor André Goveia, disse que é uma satisfação muito grande receber em sua cidade, o escritor Zacarias Martins com a a sua festejada Roda de Conversa. “Trata-se de um grande referencial da literatura tocantinense e que tem muito a contribuir para o fomento da arte literária, de um modo em geral, bem como, para disseminar entre os alunos o gosto espontâneo pela leitura”, afirmou o secretário.

Biblioteca viva

Sobre a Universidade da Maturidade em Tocantínia, André Goveia explica que é um curso de extensão da Universidade Federal do Tocantins (UFT), cuja iniciativa tem a vocação da pesquisa e sistematização dos saberes culturais das bibliotecas vivas que são nossos anciãos para o enriquecimento do Currículo da Educação Básica preservando assim a memória histórica e cultural da nossa gente sobretudo da valiosa cultura indígena Xerente.

Sobre Iran Franca

Veja Também

Ação Cidade Leitora da Secretaria Municipal de Educação contempla escola indígena em Tocantínia

Por  Zacarias Martins Na quarta-feira, dia 15, a  Secretaria Municipal de Educação de Tocantínia (Semed) …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.