Últimas Notícias

História, cultura e ancestralidade: Tocantínia é uma cidade que você precisa conhecer


As pesquisas de campo que as equipes do SEBRAE-TO e da ABET (Agência Brasileira de Engenharia Turística) fizeram no município ao longo do mês de janeiro movimentaram os negócios turísticos locais, e alguns dados já estão tabulados pensando no Planejamento Turístico Estratégico que está sendo desenvolvido.

Para a secretária de Turismo de Tocantínia, Larisse Alencar Santana Caldeira, ”como mapeamento dos empreendimentos por meio do Inventário de Oferta Turística será possível entender melhor como está o atual funcionamento do nosso município nesse sentido e isso servirá de base para nos dedicarmos às ações que desenvolverão e impulsionarão o turismo na região, além de nos ajudar a prestar um atendimento de maior qualidade aos visitantes.

Descobrimos, por exemplo, que nossa cidade consegue atender a mais de mil pessoas nos equipamentos de alimentação espalhados pelos bairros, sendo que, só no Centro, temos capacidade para receber cerca de 600 moradores e visitantes para degustar nossa deliciosa gastronomia. Outro fator interessante foi o contato mais próximo com as comunidades que essa fase de pesquisa de campo nos trouxe, nos ajudando a mobilizar a população, e fomos muito bem recebidos em todos os lugares pelos quais passamos. Pudemos ver como o nosso artesanato em capim-dourado traz renda a mais de 80 artesãos que utilizam essa matéria-prima para fazer bolsas, acessórios e o que mais a imaginação mandar, exportando o nome da nossa cidade para fora do estado e do país.

Por fim, uma questão que também me chamou a atenção e acredito que é um dos pontos mais importantes para o sucesso do projeto é respeitar a história, a cultura e as tradições dos povos nativos, uma vez que temos aqui mais de 100 aldeias indígenas, por exemplo, e queremos muito ajudá-las a se desenvolverem e prosperarem com o turismo. Tanto nós, da Secretaria de Turismo, quanto o trade turístico da cidade estamos felizes com o andamento do projeto e empolgados para o que ainda vem pela frente”.

Respeito à história de todo um povo
Localizada a 80 km de Palmas, a cidade de Tocantínia oferece belas paisagens, pessoas receptivas, tranquilidade e muito contato com a natureza. A Praia do Por do Sol, por exemplo, se destaca pelas águas cristalinas, mas a verdadeira riqueza do município está em sua gente hospitaleira e cheia de disposição para fazer o turismo acontecer.
Cerca de 75% dos 2.601 km2 da área de Tocantínia é território indígena Xerente e Funil. E, hoje, pensar na implantação e desenvolvimento de um turismo sustentável no município inclui investir em etnocultura. Mas o que isso quer dizer?

Segundo Srewẽ Xerente o projeto visa incluir as aldeias nas ações de promoção do turismo local, “nosso foco principal é promover a cultura indígena para além das nossas fronteiras, contando nossa história e preservando espaços que guardam fatos preciosos, como, por exemplo, as escrituras rupestres que temos em algumas rochas localizadas na cidade, que são um tesouro da Antiguidade e compõem um capítulo da história dos nossos antepassados. Queremos trabalhar a geração de emprego e renda por meio do turismo comunitário, ou seja, trazendo visitantes para conhecer as aldeias e ver como elas funcionam, as tradições e costumes. Hoje, as pessoas já fazem algumas visitas, mas não é algo muito estruturado. Estamos construindo um centro de visitação na aldeia Īpê Moriá (que simboliza a Associação Indígena Xerente), com foco no fortalecimento cultural, e lá teremos seis “kri” (ou casas) e espaço de alimentação. A ideia é que o turista possa ter uma vivência com mais imersão na cultura indígena, desfrutando de pernoites no local e tendo a oportunidade de fazer contato com essas comunidades tão únicas, participando de atividades que fazem parte da rotina delas.

Atualmente temos uma população de quase 4 mil indígenas distribuídos em cerca de 100 aldeias e, inicialmente, nosso objetivo é envolver 12 delas nesse projeto (sendo 9 Xerente e 3 na terra indígena do Funil). Será uma experiência sensorial e tátil muito rica, que com certeza oferecerá trocas de conhecimento interessantes para todos. Com esses investimentos que estão sendo feitos pela Prefeitura e pelo SEBRAE, acredito que Tocantínia está se preparando para receber turistas de todo o Brasil e do mundo”.

O prefeito de Tocantínia, Manoel Silvino, reiterou que o projeto de turismo em parceria com o Sebrae vai elevar a economia no município, trazendo novas oportunidades de negócios aos comerciantes e artesãos locais. “Tocantínia possui diversos atrativos turísticos para oferecer aos turistas que buscam conhecer lugares exóticos como sítios arqueológicos, cultura e aldeias indígenas, além do carnaval fora de época, o Carnatoca, a temporada de praia em julho que acontece na Orla da cidade, o berarubu uma comida típica local, os balneários do córrego Piabanha, entre outras”, frisou.    

Sebrae-TO é peça-chave para o desenvolvimento turístico do estado

Parte do trabalho de desenvolvimento e promoção do turismo está em preparar os empreendimentos locais para atender e receber bem seus visitantes. Nesse processo, as MPEs (Micro e Pequenas Empresas) merecem uma atenção especial, e o Sebrae atua forte na preparação e integração delas em toda a cadeia produtiva quanto à geração de riquezas e também quanto ao desenvolvimento de uma região ou território, promovendo novos postos de trabalho e valorização econômica dos patrimônios natural e cultural brasileiros.

De acordo com superintendente do Sebrae-TO, Moisés Gomes, “uma iniciativa organizada sob forma de projeto para apoiar a competitividade das empresas precisa contar com a integração de competências e atribuições dos diversos atores institucionais. É preciso buscar a construção de verdadeiras alianças com cada instituição, percebendo claramente a importância da atuação sinérgica para geração de ganhos, tanto para os parceiros quanto para o público beneficiário das ações. Assim, o SEBRAE-TO, em conjunto com seus parceiros (como a Agência de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa do Tocantins – ADETUC), busca desenvolver o turismo no estado de forma sustentável, organizada e planejada, com foco em resultados efetivos para as comunidades ligadas ao turismo”.

O analista técnico do SEBRAE Região Metropolitana, Edglei Rodrigues, completa: “O SEBRAE atua como um agente apoiador e promotor, em conjunto com as lideranças locais, para o desenvolvimento do turismo. Somente por meio de parcerias sólidas entre a gestão municipal, os empresários e a comunidade será possível obter resultados mais duradouros. Em Tocantínia, especialmente, acredito que a natureza preservada e a Cultura Xerente são os dois pontos de destaque que contribuirão (e muito) para o desenvolvimento do setor de forma sustentável. O trabalho de inventariação da oferta turística que foi desenvolvido na cidade será um instrumento norteador de ações futuras e de captação de recursos pela administração pública. Para os empresários, ele trará novas oportunidades de negócios e de aperfeiçoamento dos serviços. E, para a população, acredito que a grande conquista será a melhoria na qualidade de vida e o aumento da oferta de emprego e geração de renda”.

Primeiras impressões: conhecendo Tocantínia mais de perto

Mesmo sendo um município pequeno, Tocantínia possui grande potencial de desenvolvimento turístico, tanto pelos eventos que a cidade promove (como o CarnaToca) quanto pelo nicho de turismo de base comunitária. Fiquei encantado ao experienciar a vivência nas aldeias e ao provar o peixe servido em folha de bananeira em um almoço com a comunidade Xerente. Quero ressaltar que todos foram muito receptivos, tanto o trade turístico quanto a população, fomos muito bem recebidos, e com certeza isso refletirá também no bom atendimento que os tocantinienses darão aos seus crescentes (assim espero!) visitantes. (João Carlos Tobias  – pesquisador da ABET)
 

Sobre Iran Franca

Veja Também

Ações de valorização turística e cultural ganham volume com trabalho da Febtur Tocantins

Um trabalho voluntário, pautado no propósito de colaborar com o desenvolvimento do turismo e da …

Um comentário

  1. Maria do Socorro Barbosa Tavares

    Parabéns Tocantinia pelo sucesso e dias melhores virão com certeza.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.